Real Cores

Após chuva, incêndio da Chapada dos Veadeiros está perto do fim.

Sobrevoo neste domingo não apontou fogo aparente, mas apenas focos de fumaça


BRASÍLIA — O incêndio que atingiu no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros pode estar próximo do fim. Um sobrevoo realizado na manhã deste domingo mostrou focos isolados de fumaça, mas sem fogo aparente. Segundo o chefe do parque, Fernando Tatagiba, ainda não é possível declarar extinto o incêndio que atinge a área desde o dia 17. Mas, de acordo com ele, a chuva que caiu desde a tarde de sábado foi suficiente para controlar o fogo.

— Se a previsão de chuva para hoje se confirmar, talvez amanhã (segunda-feira) possamos falar em extinção do incêndio. Por enquanto, há fumaça em pontos isolados, o que mostra que há madeira queimando e esse fogo sempre pode sofrer uma reignição- explica Tatagiba.

O controle do fogo e a previsão de chuva já levam a uma desmobilização gradual das equipes de bombeiros que auxiliavam no combate ao incêndio. Parte dos profissionais e veículos (terrestres e aéreos) já deixaram o local a partir do monitoramento feito neste domingo. Ao longo da semana, outros grupos deixarão Alto Paraíso, onde foi montada a base de comando dos trabalhos.

Na manhã de segunda-feira, um novo sobrevoo de monitoramento será feito para analisar a situação do parque, que teve ao menos 27% de sua extensão atingida pelo incêndio. A área atingida é de 65 mil hectares, o equivalente a 65 mil campos de futebol. Um primeiro foco foi visto no dia 10 deste mês e depois controlado. No último dia 17, um novo incêndio em outro ponto do parque teve início. O fogo se alastrou e formou a maior queimada da história da reserva de proteção integral.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.