Real Cores

Agora somos espionados oficialmente, é a entrega total e irrestrita.

EUA participam como observadores de exercício militar na Amazônia

Exército se prepara para o AmazonLog 2017, exercício de logística multinacional inédito na América do Sul, na tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru. Foto de Antonio Cruz/ Agência Brasil

O general Guilherme Cals Theophilo Gaspar de Oliveira, comandante logístico do Exército, disse que os Estados Unidos (EUA) participam de exercício militar multinacional de simulação de ações de ajuda humanitária desde o dia 6, em Tabatinga, no Amazonas, por conta de sua reconhecida competência em situações de emergência.

O militar, comandante-geral do AmazonLog, nome dado ao evento, classificou como “teoria da conspiração” afirmações de que a presença de militares norte-americanos seja uma ameaça à soberania nacional. 

Marcado para o período de 6 a 13 de novembro, em Tabatinga, na tríplice fronteira com a Colômbia e Peru, o exercício de simulação recebeu críticas desde o anúncio da participação dos EUA. O general rebateu declarações do ex-chanceler Celso Amorim, do senador Linbergh Farias (PT-RJ) e do líder do Psol na Câmara, deputado Glauber Braga (RJ).

Em outubro, Braga encaminhou requerimento ao ministro da Defesa, Raul Jungmann, e ao comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, pedindo informações sobre a participação de militares dos Estados Unidos. Segundo o parlamentar, a medida poderia representar a possibilidade de perda de soberania e ou de subordinação do Exército.

Para o militar, as críticas foram mal intencionadas. “Os EUA têm uma expertise muito grande no que se refere à ajuda humanitária. Só de furacões os Estados Unidos tiveram esse ano uns quatro e rapidamente o país se reconstruiu. Além disso, tem uma expertise para passar para a gente em incêndios florestais”. A seguir, ele lembrou incêndios nas Chapadas dos Guimarães e  Diamantina. “Roraima vive queimando e nós nunca aprendemos que temos que combater a incêndios florestais. Por que não passar esse conhecimento para a gente?”, questionou.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.