Real Cores

Huck não dá ponto sem nó: ele desistiu da presidência para não ter negócios expostos


A decisão de Huck de renunciar à candidatura a presidente era uma tendência, mas não foi tão amadurecida quanto ele quer fazer crer.

O artigo publicado hoje na página 3 da Folha, com o título No Rumo, entrou na última hora. Não estava previsto.

Nos bastidores, o que se comenta é que Luciano Huck decidiu sair logo da disputa antes que a candidatura começasse a produzir estragos na imagem dele, com a qual ganha muito — é uma das celebridades que mais faturam com publicidade.

Já havia ameaças de que seus negócios com prefeituras poderiam ser expostos.

Luciano Huck não dá ponto sem nó. Ele hoje ganha muito dinheiro com o negócio de aluguel de bicicletas com patrocínio de bancos.

Em 2011, ele apareceu numa bike, ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes, de uma triatleta e de um executivo do Banco Itaú. Para chegar à foto, ele percorreu um longo caminho.

Na inauguração do serviço, no Rio, em 2011, disse:

“Ano passado, viajando com Angélica e as crianças pelas principais capitais europeias, vi que a bicicleta, essa forma de transporte limpa e saudável, estava presente em todas as cidades que têm um pouco de civilidade no seu dia-a-dia. Cheguei de viagem e liguei para o prefeito (Eduardo Paes): – prefeito, a gente tem que fazer isso no Rio de Janeiro. Se você conseguir um bom parceiro, a Prefeitura vai realizar, porque é importante para a cidade”.

Esse parceiro acabou sendo o banco Itaú, também um dos patrocinadores do programa de Huck. As cores e logotipo do banco cobrem as bicicletas oferecidas ao público.

Pouco depois, Huck postou no Twitter que tinha comprado uma bicicleta:

“Brinquedo novo. Uma criança feliz: Eu. Hehehe. Cada vez gosto mais de bicicletas. Belíssimo esporte”.

O que ele nunca contou é que, depois da implantação do serviço, se tornou sócio da empresa que ganhou a licitação das maiores cidades para explorar o aluguel de bikes, com a marca Itaú. É uma empresa de Pernambuco, a Serttel, de Ângelo Leite.

O faturamento da empresa explodiu depois que assumiu o negócio do compartilhamento de bikes em algumas das maiores cidades do Brasil. Huck estava no comboio das bikes e ganha com ele. (Joaquim de Carvalho)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.