Real Cores

MAIS UM IDOSO É VITIMA DA PENA DE MORTE EM GOIÂNIA

Resultado de imagem para foto caos na saude
Um senhor de 97 anos é a mais nova vítima do descaso na saúde em Goiânia. Ele estava a quase 1 mês em busca de tratamento. A família foi várias vezes à Central de Regulação em busca de tratamento e não conseguiu. No último fim de semana o senhor passou mal, foi pro Cais do Bairro Goiá, ficou esperando vaga em UTI e na fila da morte a morte chegou primeiro do que a UTI.

O senhor Domingos Pereira, de 95 anos, não resistiu à espera e morreu. Essa tem sido a dura realidade de quem precisa da saúde pública em Goiânia. A falta de UTIs persiste, apesar da prefeitura gastar uma fortuna por mês com vagas "fantasmas", UTIs que não existem, segundo constatou a CPI da saúde.

Para o cidadão, depender da rede publica de saúde é uma pena de morte, aplicada da forma mais perversa e desumana que existe.

O Jornal Argumento conseguiu a informação de que existe um “turismo da saúde” em Goiânia. Um servidor da pasta confidenciou  que o município arrecada muito com pessoas que buscam atendimento na capital e acabam gastando dinheiro no período em que fica na porta dos CAIS e também nas casas de apoio. 



Um comentário:

  1. O mais estranho é que nas eleições, quem mais apoiou o atual prefeito, foram as pessoas com mais idade.
    Agora, vejam o retorno que estão recebendo pelo investimento que fizeram.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.