Real Cores

Partidos de esquerda preparam aliança mirando segundo turno

Ex-presidente Lula: O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: cogita parcerias com Ciro Gomes e Manuela d’Ávila
Dirigentes do PTPDTPSB e PCdoB e PSOL estão ensaiando uma reaproximação, o que inclui uma agenda programática unificada, com vistas para o segundo turno das eleições presidenciais de 2018.
Não existe a intenção de lançar uma chapa única. Três desses partidos já têm pré-candidatos próprios: o PT, com Lula, o PDT, com Ciro Gomes, e o PCdoB, com Manuela d’Ávila. No entanto, eles querem passar a ideia de que não estão isolados.
Tem sido discutida a possibilidade de agregar o campo da esquerda para uma agenda mínima, um entendimento no segundo turno e possíveis alianças nos estados.
Uma reunião com os presidentes das siglas – exceto do PSOL – aconteceu em Brasília na semana passada, e todos eles devem se reunir na próxima terça-feira (28). As fundações dos partidos estão organizando esses encontros.
A ideia é discutir as bases para um programa que poderá ser usado por qualquer candidato. A primeira posição conjunta da aliança foi uma nota criticando o “estímulo” da gestão de Michel Temer à adoção de um semiparlamentarismo.
O PSB, até pouco tempo rompido com o PT, apresentou um mapa de candidaturas estaduais que consideram prioritárias para as eleições de 2018: Minas Gerais, Pernambuco, São Paulo, Espírito Santo,Paraíba e Distrito Federal. O PT sinalizou que pode firmar alianças.

Vera Magalhães: STF dá prazo para Congresso rever foro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.