Real Cores

Além de salário, Tribunais pagam R$ 890 mi em ‘penduricalhos’ a juízes



Resultado de imagem para foto juiz rico
A concessão generalizada de auxílio-moradia, auxílio-alimentação e auxílio- saúde faz com que 26 tribunais estaduais de Justiça gastem cerca de R$ 890 milhões neste ano com esses pagamentos. 

Na última folha salarial publicada, 13.185 juízes dos TJs (mais de 80%) tiveram o contracheque inflado por esses benefícios ou similares. O Estadão Dados mediu pela primeira vez o impacto dos “penduricalhos” graças à publicação detalhada de dados, determinada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 


Com os auxílios, juízes têm um ganho de até 30% em relação ao salário básico. Por ter caráter de “verba indenizatória”, esses recursos não são levados em conta no cálculo do teto de vencimentos, de R$ 33.763, nem são descontados quando o limite é atingido. 


Pelos dados dos TJs, um terço dos juízes estaduais teve rendimento líquido superior ao teto. Os tribunais destacam que os auxílios e indenizações são legais. “Na medida em que há claraboia nesse teto, perde-se a noção”, critica o ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.