Real Cores

BOEING NEGOCIA COMPRA DA EMBRAER: Lucrativa, Embraer entregou 137 jatos neste ano


A norte-americana Boeing Co conversou com a Embraer sobre uma possível aquisição da fabricante de aeronaves brasileira, informou o Wall Street Journal na quinta-feira, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

A Embraer, terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo, ganharia um ágio substancial além dos US$ 3,7 bilhões de valor de mercado, disse o jornal nesta quinta-feira (21).
As ações da Embraer negociadas na bolsa paulista entraram em leilão, após subirem 2,55 por cento, a 16,91 reais, na máxima do dia. A bolsa de Nova York suspendeu temporariamente os negócios com os papéis da Embraer após a divulgação da notícia. Às 15:03, os ADRs da companhia subiam 27,9 por cento, a 25,57 dólares.
A Embraer teve uma receita liquida de R$ 21,436 bilhões em 2016. No terceiro trimestre deste ano, registrou lucro líquido de R$ 351 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 111,4 milhões do mesmo período do ano passado.

COMPLEMENTO...
Em negociações para ser comprada pela americana Boeing, a fabricante brasileira de aviões Embraer entregou 137 aeronaves até setembro deste ano, sendo 78 comerciais e 59 executivas.
A Embraer teve uma receita liquida de R$ 21,436 bilhões em 2016. No terceiro trimestre deste ano, registrou lucro líquido de R$ 351 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 111,4 milhões do mesmo período do ano passado.
A terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo tem valor de mercado de US$ 3,7 bilhões e avançou neste ano no desenvolvimento do E195-E2, o avião comercial de maior envergadura já desenvolvido no Brasil.
Nos últimos quatro anos, o Phenom 300, fabricado pela empresa, tem sido o jato de maior vendagem no mundo em termos de unidades entregues, de acordo com o analista do setor Richard Aboulafia. As informações são da Folha de S. Paulo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.