Real Cores

Exclusivo - Pesquisa Jornal Argumento revela que apenas 20% aprovam o primeiro ano do Prefeito Iris Rezende

Goianiense reprova 1º  ano da administração Iris Rezende e dá nota média de 3,9.

Resultado de imagem para foto iris rezende irritado

O Jornal Argumento realizou de 4 a 7 de dezembro em 80 bairros da capital uma pesquisa sobre o primeiro ano da gestão do prefeito Iris Rezende. 

Foram ouvidas 1.200 pessoas. O resultado revela que o goianiense está pouco satisfeito com os serviços prestados pela prefeitura neste ano que chega ao fim. Confira o resultado completo da pesquisa do Jornal Argumento:

1- Na sua avaliação a gestão do prefeito Iris Rezende neste primeiro ano de mandato foi:

Ótima - 4%
Boa - 16%
Regular - 21%
Ruim - 41%
Péssima - 18%


2- Em relação à administração do prefeito Iris Rezende neste ano você está:

Muito satisfeito - 3%
Pouco satisfeito - 19%
Decepcionado - 57%
Muito decepcionado - 21%


3- Na sua avaliação qual o principal problema da administração Iris Rezende neste ano ?

Saúde - 54%
Coleta de lixo - 15%
Transporte Coletivo - 12%
Sujeira - 6%
Buracos nas ruas - 4%
Corrupção - 4%
Trânsito - 3%
Outros - 2%


4- O prefeito Iris Rezende diz que pegou a prefeitura quebrada das mãos do ex-prefeito Paulo Garcia e isso está afetando sua gestão. Pra você essa justificativa é:

Verdadeira - 16%
Falsa - 64%
Não sabe - 20%


5- Se a eleição fosse hoje você votaria novamente no prefeito Iris Rezende ?

Não votei nele - 22%
Votaria novamente - 11%
Não votaria mais - 57%
Não sabe - 10%


6- Em 2018 tem eleição. Você votaria em um candidato indicado pelo prefeito Iris Rezende ?

Sim - 15%
Não - 67%
Não sabe - 18%


7- De zero a 10 que nota você dá à administração do prefeito Iris Rezende neste ano de 2017 ?

Nota média - 3,9


A mesma pesquisa também avaliou o desempenho do Governador Marconi Perilo, com números bem acima  ao do Prefeito. 

Segurança Publica foi o item onde o Governo Estadual ficou pouco acima de 1% de aprovação. 

A Pesquisa será publicada na próxima segunda feira, no site do Jornal Argumento. 






Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.