Real Cores

Organização criminosa suspeita de diversos homicídios são alvo de operação especial da Polícia Civil na Região Metropolitana de Goiânia


Agentes da Polícia Civil (PC), por intermédio da Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH), deflagraram na manhã desta quinta-feira  (06) a Operação Fim da Linha. Este é o último desdobramento da Operação Descarrilamento, iniciada em setembro deste ano.
De acordo com a corporação, serão cumpridos 18 mandados de prisão contra um grupo suspeito de 15 homicídios na Região Metropolitana. Ainda segundo a PC, o grupo teria envolvimento com o tráfico de drogas.
Primeira Fase
As prisões da primeira fase da Operação ocorreram entre os dias 31 de agosto e 1° de setembro. A corporação apresentou 14 suspeitos de fazerem parte da quadrilha por trás de 23 assassinatos na região do Bairro São Francisco, Terminal do Dergo, Bairro Capuava e arredores. Eles foram apreendidos nos municípios de Heitoraí, Trindade, Abadia de Goiás e Goiânia. O grupo agia sob o comando de José Constantino Júnior, detento da ala B da Penitenciária Odenir Guimarães (POG).
Segunda Fase
A segunda fase ocorreu no final de mês de setembro. Desta vez, a PC prendeu mais oito suspeitos de participarem da organização, que podem estar por trás de 28 homicídios realizados na região da Vila Canaã. Com eles foram apreendidas quatro pistolas de uso restrito calibres 9 mm e ponto 40.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.