Real Cores

Por R$ 2 bilhões, Temer compra apoio de prefeitos à Previdência


Em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência, Michel Temer anunciou, nesta quarta-feira (13), a liberação de R$ 2 bilhões ainda neste mês para os municípios brasileiros. É uma tentativa de forçar os prefeitos a convencerem os parlamentares a aprovar a Reforma. Como estratégia para pressionar os prefeitos, o governo já prometeu liberar mais R$ 3 bilhões a municípios em 2018, caso a reforma seja aprovada.


Temer classificou de "mediana" a proposta que tramita na Câmara dos Deputados. Para ele, quem estiver presidindo o país daqui 10 anos terá de considerar uma revisão na regra de transição da idade mínima de aposentadoria. Temer considera que a não aprovação do texto gerará uma reação negativa na economia brasileira.
A votação da reforma está prevista para a próxima terça-feira (19), mas Temer já afirmou que, se o Planalto não achar que dispõe dos 308 necessários para a aprovação, a ideia do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é de marcar uma nova data para fevereiro.
O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, afirmou que as prefeituras não estão “se vendendo” pela reforma, mas que é “obrigação” dos gestores apoiar a proposta.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.