Real Cores

Reforma da previdência frouxa beneficiará 52% dos servidores federais

Resultado de imagem para foto  funcionarios publicos federais
Governo estuda alternativa para manter aposentadoria integral dos que ingressaram no serviço público até 2003

Pouco mais da metade dos servidores federais será beneficiada se o governo decidir abrandar a reforma da Previdência e manter a aposentadoria integral - com o último salário da carreira - e os reajustes iguais aos dos funcionários da ativa para quem ingressou no serviço público até 2003. 

São 380 mil pessoas, ou 52% do contingente total, nessa situação. 

O texto em tramitação na Câmara quer cobrar dos servidores as idades mínimas de 65 anos para homens e 62 para mulheres para manter a integralidade e paridade. 


As categorias, no entanto, pressionam os deputados para derrubar a proposta, e uma alternativa “mais leve” está em estudo pela equipe econômica.

Se pagos hoje, todos os benefícios futuros custariam R$ 507,6 bilhões à União, de acordo com cálculos da Secretaria da Previdência - algumas áreas têm remuneração no fim da carreira acima de R$ 20 mil mensais. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.