Real Cores

José Eliton deve ser o próximo Governador.


 Resultado de imagem para FOTO JOSE ELITON

Pode parecer recorrente e redundante mas a verdade é que o MDB – antigo PMDB -, não consegue se articular regionalmente e desde que Maguito deixou o governo em 1998, o partido não conseguiu emplacar uma vitoria para o Governo do Estado.  Já quando o assunto é municipal, é o PSDB quem padece com a falta de candidatos.

Nion Albernaz foi o ultimo a Governar Goiânia  em 1996. Depois dele, o partido Liderado por Marconi Perillo tentou uma vez com Lucia Vânia, varias com Sandes Junior e até Jovair Arantes. Nomes de peso que foram derrotados pelo PT e PMDB.

Neste ano, a situação não muda em nada, chega a ficar pior sem a participação de Iris Rezende, o MDB tão quão barata tonta tenta se encontrar e também encontrar partidos que acreditem em uma eventual vitoria de Daniel Vilela.  Tenta-se polemizar  colocando o nome do Senador Ronaldo Caiado. Fato que até hoje não foi confirmado. Caiado não assume a candidatura mas fica feliz com os resultados das pesquisas.

Mesmo estando em terceiro lugar nas pesquisas, até hoje apresentadas, José Eliton, caso faça tudo certo, é o candidato com maiores chances de permanecer no Palácio das Esmeraldas.

Com a desincompatibilização de Marconi,  que certamente será candidato ao senado e, por isto, tem que deixar o governo já no mês de março, Jose Eliton assume o cargo de Governador até outubro, tendo bastante tempo para uma articulação forte mas que já conta com vários partidos medianos e tende a se estender, dada a perspectiva de permanência frente ao Governo  de Goiás.

Resultado de imagem para FOTO DANIEL VILELA
Daniel Vilela, segundo minhas fontes, tem feito muito barulho mas sabe que poucas chances tem em função do racha no MDB. Daniel, se for oficializado candidato,  usará o espaço para se tornar mais conhecido em Goiás e principalmente de olho na prefeitura de Aparecida de Goiânia ou mesmo Prefeitura de Goiânia. 

“No fundo, ninguém aposta em uma vitoria de Daniel Vilela, nem mesmo o MDB. Daniel sabe da dificuldade de montar uma base de  apoio para ter mais tempo na TV e no Rádio. Por isto irá para a disputa já sabendo que o alvo não é o Governo.” Relata um Emedebista.

Resultado de imagem para FOTO CAIADO



Já Ronaldo Caiado, líder das pesquisas,  tem experiência suficiente para saber que sem uma boa base partidária as chances diminuem. O DEM  não tem nenhum deputado estadual. Helio de Souza, um dos últimos a deixar o partido esta hoje no PSDB. José Eliton também se elegeu vice governador pelo DEM mas também virou Peesedebista.

 Alías o processo de desmanche no  DEM começou ainda em 1999, quando Chiquinho de Castro, quase acabou com  o então PFL levando quase todos os eleitos para o PSDB de Marconi Perilo. Fato que caiado até hoje não se esquece.

E este é o maior desafio de Caiado, ressuscitar o DEM. Se se lançar candidato ao Governo terá, no Maximo dois partidos nanicos lhe apoiando. O MDB já esta fora. PSB já tem Lucia Vânia, candidata ao senado e desafeta de Caiado. O mesmo acontece no PSD que tem Wilmar  Rocha, também inimigo publico de Caiado.  PTB, PDT, PR e outros partidos que poderiam ajudar Caiado já fecharam com PSDB, que certamente terá o maior espaço na TV e no Rádio.

Assim, antecipo que Caiado não será candidato e apenas será um puxador de votos para os membros do DEM. Se conseguir fazer ao menos dois deputados estaduais já terá feito muito.

O PT é o único dos grandes partidos que até agora não se manifestou sobre a sucessão de Marconi Perillo. “A direção do partido está se reunindo para tentar achar um nome mas também não  descarta apoiar outro candidato, a exceção de Caiado e Daniel Vilela. 

Pode até ser que faça parte da base do governo. Isto dependendo do que acontecerá com o Lula e qual será a orientação dele.” Confidencia um membro do diretório Petista.

Caso não haja um fato extremamente impactante, José Eliton deve ser o próximo Governador dada a capacidade de articulação do PSDB e da falta de capacidade de articulação dos adversários.  



Um comentário:

  1. Para vencer uma disputa ao governo do Estado é necessário mais que ser líder em pesquisas eleitorais... precisa-se de um grupo forte.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.