Real Cores

Artigo: Lula, um fenômeno!

Lula, um fenômeno!

Resultado de imagem para foto lula comicio


Poucos políticos no mundo resistem ao que Lula vem resistindo desde que deixou a presidência da república. O petista, mesmo com julgamento marcado para o próximo dia 24, e que pode colocar fim a trajetória eleitoral, não demonstra apatia ou estar derrotado.

A cada nova denuncia contra Lula, logo vem discursos, bravatas e parábolas que cabem bem aos ouvidos dos apaixonados pelo petista.

Mesmo com toda a artilharia do Ministério Publico e outros desafetos Lula ainda se mantém no topo das pesquisas eleitorais para presidência da republica deste ano e, se a justiça permitir, certamente será eleito. 

Antes de continuar, faço um relato de um encontro que tive com Lula, ainda nos anos 80, quando Darci Acorcy tentava se eleger prefeito ou governador.

Darci e eu estávamos na praça universitária onde haveria um encontro com membros da executiva e também militantes do partido. Logo um carro parou e ao abrir a porta vi Lula com barba por fazer, cabelos alvoroçados e na mão direita segurava um charuto.

A convite de Lula, entramos no carro que deu algumas voltas enquanto Lula se inteirava da política de Goiás e dizia à Darci para que não se importasse quantas eleições Darci teria que disputar para ser eleito.

Me lembro como se hoje fosse Lula dizendo “Companheiro Darci, uma hora as pessoas vão entender nosso discurso, nosso pensamento e nosso projeto de governo, por isto continue firme que você vai se eleger.” Em seguida fomos ao ginásio onde Lula comandou o encontro.
Eu, que só conhecia Lula pela televisão, espantado ficava a cada trecho do discurso do petista. Ele falava de um projeto de governo utópico e muito radical.

Eu já trabalhava na Rádio Cidade FM me atrevi a tentar entrevistar Lula. Dos mais de 30 minutos de gravação, apenas uma pergunta fiz. Entrevista que foi vetada por um diretor da rádio que chamava Lula de comunista.


Depois disto passei a acompanhar este fenômeno que consegue despertar amor e ódio entre os Brasileiros. Lula, com carreira política feita no estado de São Paulo, foi o único presidente do Brasil nascido em Pernambuco. Lula bateu um recorde histórico de popularidade durante seu mandato, conforme medido pelo Datafolha.

Programas sociais como o Bolsa Família e Fome Zero, apesar de serem reivindicados por Fernando Henrique Cardoso, são marcas de seu governo, ambos reconhecidos pela Organização das Nações Unidas como os programas que possibilitaram a saída do país do mapa da fome.

Lula teve um papel de destaque na evolução recente das relações internacionais, incluindo o programa nuclear do Irã e a questão do aquecimento global.

Na economia, durante seu governo o Brasil alcançou o investment grade (em português, grau de investimento), pela agência de classificação de risco Standard & Poor's.

Mas para se eleger presidente por duas vezes Lula teve que abrir mão da política do PT e assinar uma “Carta ao Povo Brasileiro”, onde virou o Lulinha Paz e Amor.

“Lula é um cara que fala a linguagem do povo. Ele faz piadas, brincadeiras e as bravatas que marcaram o governo dele”, ouvi de um cientista político. “Lula incluiu na economia as Classes “C” e “D” um feito histórico. Foi o primeiro presidente que tinha um discurso pronto para cada momento."

"Para o cidadão mais simples falava em cortar mordomias da elite brasileira. Para esta mesma elite o discurso era outro: cortar impostos para garantir mais faturamento.” Completa o cientista.

“Ninguém entendeu o porque mas Lula vislumbrou na África a possibilidade de explorar riquezas que outros países ainda não enxergavam. Não foi por ser bonzinho que perdoou a divida de alguns países daquele continente. Na áfrica o petróleo não é tanto explorado e este seria o projeto de Lula.” Disse-me um economista.

Com a economia pujante e altíssima aprovação, Lula conseguiu superar até a ação penal 470 – o mensalão -. Até hoje ainda persiste a dúvida se Lula sabia ou não da compra de parlamentares.

Lula é uma liderança maior que o partido dos trabalhadores. Desde a década de 80 o PT se faz representado por Lula;  e em mais de três décadas nunca pensou em lançar um outro nome para disputar a Presidência do Brasil.

“O PT sem o Lula é uma sigla. Já o Lula sem o PT continua sendo um fenômeno. E este fenômeno será posto mais uma vez a prova no próximo dia 24. Se Lula for condenado ou preso, qualquer candidato que ele apoiar ganhará as eleições dado a este fenômeno em que Lula se transformou.” ressalta

Escrevi este artigo, a partir de entrevistas, pesquisas e analisando o momento brasileiro. No entanto ressalto que sempre fui contra a politicas assistencialistas sem porta de saída. 




POSTE SEU COMENTÁRIO









Um comentário:

  1. parabéns pelo seu artigo e não só pelo valor da cronologia dos fatos como por seu conteúdo . Eu ando com a ideologia do PT desde 82 e sei bem como é o discurso de lutar sem pensar na vitória imediata mas tenho a mesma visão da sua conclusão, o Lula elege que ele indicar e parece que vai ser o Adad .
    Falando das dúvidas que todos temos , inclusive eu que o defendo sempre , só vou acreditar em conivência do Lula quando houver provas , e não com caso de apto de triplex com 200 metros 2 , coisa que qualquer um de nós que trabalhou 25 anos pode comprar . E sem falar do sítio que foi de suposto uso de Lula e nós sabemos que os amigos de autoridades sempre se oferecem com favores pra depois pedir a contra partida , vale lembrar que só da contra partida quem quer .
    Vamos aguardar dia 24 .
    Mas parece que está claro , uma tremenda saia justa pra desembargadores , se condenar tem que prender e aí ??? Será que fica bem pra um sistema judiciário prender com suposições ?
    Até lá e grande e forte abraço seu artigo é de jornalista de valor .

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.