Real Cores

Por falta de pagamento, mais um hospital suspende atendimento pelo SUS em Aparecida de Goiânia



Em Carta endereçada ao Ministério Publico, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia e à sociedade, o Hospital Encore anunciou que não mais atenderá internações e atendimentos eletivos ligados a UTI.

Na carta, o hospital diz ainda que lamenta a suspensão do atendimento mas, devido a inadimplência, e as varias tentativas de receber da Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida, não houve outro caminho. Abaixo comunicado na integra.

Lamentamos informar que, esgotadas todas as possibilidades de suportar a inadimplência dos repasses de UTI, bem como nossas tentativas de negociação com a SMS e a Prefeitura de Aparecida de Goiânia a Diretoria do Hospital Encore não encontrou outra saída que não seja a suspensão das internações SUS em UTI e dos atendimentos eletivos que necessitem de UTI.

Lamentamos muito, em primeiro lugar pela população aparecidense, mas tão importante quanto estes, pelos colegas profissionais de saúde das unidades básicas de saúde (CAIS e UPA) que ficam sem um importante e resolutivo suporte para casos graves e complexos de risco iminente à vida, especialmente do atendimento ao infarto agudo do miocárdio.

Aguardamos, de maneira bastante receptiva e profissional uma pronta atitude objetiva e resolutiva do Poder Público para a um tempestivo retorno à normalidade dos atendimentos e consequentemente dos processos de recebimentos, atrasados e futuros.

Hospital Encore - Aparecida de Goiânia


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.