Real Cores

Após roubo à residência, dois jovens morrem em confronto com a PM.




Dois jovens morreram durante um confronto com a Polícia Militar (PM) na noite de quinta-feira (15), no Setor Sul, em Anápolis. De acordo com a PM, eles haviam roubado uma casa no Setor Anápolis City, oportunidade em que fizeram um casal como refém. Um terceiro envolvido foi preso e outro conseguiu fugir durante a abordagem. Os policias localizaram a quadrilha com a ajuda do rastreador da caminhonete que foi levada.

Segundo a PM, os quarto suspeitos chegaram na residência em um Siena de cor preta, por volta das 21h30. Lá, renderam o casal de moradores e, durante a ação, levaram uma caminhonete Toyota/Hilux, de cor prata, celulares, tablets e uma televisão.

“Eles aproveitaram que o casal estava chegando em casa e entrou o muro para realizar o assalto. Além de levar os pertences dos moradores, eles agiram com muita violência, algemando o casal e agredindo com tapas e chutes”, afirma o Major da Polícia Militar, Alexandre Saliba.

Com a ajuda do rastreador da caminhonete roubada os policias receberam a informação de que a quadrilha estaria em uma casa no Setor Sul, em Anápolis. Os agentes foram até o endereço e perceberam que os dois veículos, tanto o usado no crime como o que foi roubado, estavam estacionados na garagem.

De acordo com a PM, ao entrarem na residência, dois dos suspeitos estavam com armas de fogo e dispararam contra os policiais que revidaram. Jayme Santos de Souza, de 19 anos, com registro criminal por latrocínio, e Silvio de Jesus Ferreira, também de 19 anos, com passagem por tráfico de drogas, foram alvejados.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados, mas apenas constataram as mortes no local. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis e já foram liberados.

Segundo a PM, os outros dois envolvidos fugiram pulando os muros das casas vizinhas. Um deles, identificado como Márcio Marlon Borges Costa, foi capturado e foi levado para a delegacia de Polícia Civil de Anápolis. O quarto suspeito continua foragido.

As vítimas foram até a delegacia onde identificaram o suspeito preso e recolheram os produtos que foram roubados durante a ação dos bandidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.