Real Cores

Brasil tem a penúltima taxa de crescimento no mundo


A economia brasileira ficou, mais uma vez, na lanterna do crescimento global. O desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) ficou na penúltima posição de uma lista de 33 países, segundo ranking elaborado pelo GLOBO com base em números da Bloomberg. Apenas a Nigéria, que também sai de recessão profunda, cresceu menos que o Brasil. 
Os países que mais cresceram em 2017 foram China e Romênia, cujos PIBs avançaram 6,9%. Na China, o resultado foi o melhor desde 2015, superando a meta estipulada pelo governo, que era de 6,5%. O resultado surpreendeu também economistas, que previam crescimento menor por causa dos esforços de Pequim para frear a concessão de crédito diante do aumento do estoque de dívida.
O desempenho brasileiro em 2017 foi bem menor do que o da média dos países desenvolvidos. O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que esse grupo de economias deve ter crescido 2,3% no ano que passou. Quanto aos emergentes, a expectativa é que o PIB tenha avançado 4,7%. O resultado brasileiro jogou para baixo o desenvolvimento econômico de América Latina e Caribe: o FMI projeta aumento de apenas 1,3% em 2017, fazendo da região a de mais lento crescimento no mundo.
As informações são de reportagem de Renan Setti em O Globo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.