Real Cores

Defendido por Baldy, decreto que regulamenta RenovaBio é assinado por Temer.



Goiânia – O decreto que regulamenta a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) foi assinado nesta semana pelo presidente Michel Temer (MDB). O decreto tem como principal objetivo definir as normas de incentivo à produção de combustíveis renováveis no Brasil. O texto do RenovaBio foi amplamente defendido pelo ministro Alexandre Baldy enquanto deputado federal e presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Setor Sucroenergético.

A proposta do projeto é expandir a produção de biocombustíveis no Brasil (etanol, biomassa e biodiesel), baseada na previsibilidade, na sustentabilidade ambiental, econômica e social, e compatível com o crescimento do mercado. A expectativa é que a produção brasileira de etanol dobre para 20 bilhões de litros por safra, até 2030. “Com o RenovaBio manteremos os empregos nas usinas de açúcar, etanol e cogeração de energia, criando um marco regulatório para o setor, onde geraria novos investimentos e novos empregos”, afirmou Baldy.

As novas regras aprovadas também devem ajudar na proteção do meio ambiente com a redução da emissão de gases poluentes. Durante a assinatura da sanção do projeto, Michel Temer classificou o projeto como uma das ações mais importantes do Governo Federal e afirmou que o RenovaBio é “mais um novo capítulo de uma ampla agência de modernização”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.