Real Cores

Fundo público financia leilão por deputados





Desde a abertura da janela partidária, a Câmara dos Deputados vive um clima de leilão, estimulado pelos R$ 2,6 bilhões da soma dos fundos partidário e eleitoral, na primeira eleição financiada majoritariamente por recursos públicos. 

No período de 30 dias iniciado dia 8, em que é permitida a troca de partido, parlamentares com mais chances de atrair votos podem obter até R$ 2,5 milhões para a campanha. O PR é o mais generoso na oferta. 

Para garantir os acordos, deputados do PMDB estão exigindo que se registre em ata a oferta de R$ 1,5 milhão para que concorram de novo pelo partido. 

No DEM, valores para campanhas de reeleição variam de R$ 1 milhão a R$ 1,5 milhão, e a legenda tem tabela de acordo com o comportamento dos deputados nas votações da Casa. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.