Real Cores

Garota de programa confessa ter matado cliente a facadas








 Uma garota de programa foi presa temporariamente por matar um cliente em Aragoiânia, na região metropolitana de Goiânia. Lediane Pacheco da Silva, de 30 anos, confessou ter desferido golpes de faca em Antônio Crespo Barreto, de 52 anos, e levado ele arrastado até uma cerca, onde foi encontrado em avançado estado de decomposição. O crime aconteceu em abril do ano passado e a motivação ainda será esclarecida nas investigações.


 Depois, ela confessou o crime e alegou que matou a vítima em legítima defesa, dizendo  que Antônio sentia ciúmes por não sair da vida de garota de programa e ainda disse  que era agredida por ele. “Ela dopou a vítima com remédios em uma bebida. Após isso, ela desferiu golpes de faca na região do tórax e do fígado, mas não sabemos quantas facadas, no total, ela desferiu”, destaca.

A Polícia Civil traballha com a hipótese que a motivação do crime foi por questão financeira, já que, segundo o delegado, a mulher alegou a uma testemunha que passava por dificuldades financeiras. 

“Ela tinha a esperança de receber algum valor após a morte da vítima, devido ao tempo que estavam se relacionando. Familiares de Antônio também relataram que sumiu uma quantidade de dinheiro da vitima."

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.