Real Cores

Menores suspeitos de executarem radialista são apreendidos em Aragoiânia





A Polícia Civil apreendeu, na manhã desta quinta-feira (1º), na cidade de Aragoiânia, dois adolescentes de 17 anos, apontados como os executores do crime que vitimou o radialista Jefferson Pureza Lopes, em 17 de janeiro, em Edealina. Os mandados de apreensão dos menores foram cumpridos durante Operação Nuntius, por equipe da Polícia Civil de Guapó, coordenada pelo delegado Arthur Fleury, com o apoio do Grupo Tático 3.

Segundo o responsável pelas investigações, delegado Queops Barreto, um dos menores apreendidos efetuou os disparos que vitimou o radialista, de 39 anos. Para tanto, teria recebido R$ 5 mil, mais a arma do crime. O outro adolescente teria conduzido a motocicleta utilizada na ação, recebendo, para tanto, a quantia de R$ 2 mil. Ambos serão conduzidos, ainda hoje, para a cidade de Edeia.

No dia 9 de fevereiro, o vereador José Eduardo Alves da Silva foi preso suspeito de mandar matar o radialista. Segundo a Polícia Civil, ele teria planejado o crime por questões políticas e por a vítima ter se relacionado com a ex-mulher dele.

Outros dois homens já haviam sido presos e um adolescente apreendido suspeitos de envolvimento no homicídio. Jefferson, conhecido por conduzir programa de rádio polêmico na cidade, foi morto na porta de casa, com três tiros no rosto. Após a morte de Lopes, a Polícia Civil montou uma força-tarefa para investigar o crime.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.