Real Cores

Ministério Publico pede afastamento de secretária de Saúde



O Ministério Público Estadual entrou com ação de improbidade administrativa na justiça contra a Secretária de Saúde da Prefeitura de Goiânia, Fátima Mrué, que tem sua atuação bastante criticada. 

O motivo é que no ano passado a Secretária autorizou duas funcionárias da prefeitura a fazerem curso de mestrado na cidade de São Paulo. E quem está pagando todos os custos é a secretaria municipal de saúde que não tem dinheiro para comprar injeções e agulhas.

No entendimento do Ministério Público, Fátima Mrué está provocando prejuízos aos cofres da prefeitura no momento em que Goiânia. A ação pede o imediato afastamento da secretária da pasta. A secretária e a Prefeitura de Goiânia não se posicionaram sobre a ação do Ministério Público.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.