Real Cores

Refis mais recente perdoa R$ 62 bi, quase o dobro do previsto



Deve chegar a R$ 62 bilhões o perdão concedido pelo governo federal no último parcelamento de débitos tributários, o Refis. O valor é quase o dobro dos R$ 35 bilhões esperados. 


O cálculo foi atualizado pela Receita Federal porque, com regras mais generosas, a versão final do programa acabou incentivando adesão maior do que a prevista. 


A primeira versão do Refis não incluía descontos em multas e juros. Após pressão de parlamentares – muitos deles com dívidas com o Fisco – para melhorar as condições da proposta, o governo acabou concedendo descontos de até 70% em multas e de até 90% em juros, de olho em futuro apoio à reforma da Previdência, que acabou engavetada. 



Os parcelamentos especiais permitem que empresas refinanciem dívidas com descontos sobre juros, multas e encargos e, em troca, o governo recebe uma parcela da dívida adiantada, mas abre mão do que poderia ganhar com juros e multas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.