Real Cores

Requerimento de interdição da Marginal Botafogo e aprovado por Vereadores.

























Vereadores da Comissão de Obras da Câmara Municipal de Goiânia aprovaram nesta terça-feira (13), por quatro votos a dois, o requerimento que pede interdição da Marginal Botafogo, em Goiânia. A autora da solicitação, Sabrina Garcêz (PMB) incluiu no documento, o pedido de que a Prefeitura compre os materiais necessários e realize a reforma da via.

O requerimento feito na última quinta-feira (8), solicita a interdição total do trecho a Avenida Independência e o Cepal do setor Sul e a recuperação de 15 pontos críticos da via. “Nós ouvimos técnicos da prefeitura. Temos o parecer do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás – (CREA-GO), do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO) e de outros engenheiros, alguns que participaram da construção da Marginal, e eles foram claros no sentido de que a via hoje é um risco para a população”, argumenta Sabrina.

A vereadora realizou uma audiência pública, juntamente com o vereador Gustavo Cruvinel (PV), para discutir o assunto. estavam presentes os representantes do Cau-GO, do Crea-GO, da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT), além de engenheiros, arquitetos e professores. Na ocasião foi debatido um plano emergencial e a solução final para o problema da Marginal Botafogo.

Um dos contrários ao requerimento, Tiãozinho Porto (PROS), alegou há desgastes na via, mas que são comuns com o passar do tempo. Além disso, o vereador alega que se os técnicos da prefeitura alegam ser suficiente a interdição da Marginal, não há o que se discutir. “Se não houvesse segurança, eles não fariam isso, não colocariam seus nomes na obra”, pontua.

O outro parlamentar contrário é Zander Fábio (PEN). Como foi aprovado, o requerimento vai ser enviado para análise imediata do prefeito Iris Rezende (MDB). Por nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinfra), responsável pelos cuidados com a Marginal Botafogo, informou não ter sido notificada do querimento da vereadora.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.