Real Cores

UTI em Goiânia, Um crime na "fila da morte"



A CEI da Saúde da Câmara Municipal está reunida nesta manhã de sexta feira para apresentar uma denúncia muito grave. 60% das UTIs do SUS em Goiânia ficam a maior parte do tempo ociosas enquanto pacientes agonizam entre a vida e a morte em unidades de saúde. 

O Jornal argumento fez as contas e chegou aos números desse crime que está sendo praticado na saúde da capital. Nesta manhã de sexta feira cerca de 200 UTIs do SUS estão vazias, desocupadas. E no site da prefeitura de Goiânia consta que 59 pessoas estão precisando urgentemente de uma UTI.

As vagas existem, mas estranhamente as pessoas que precisam não são colocadas nessas UTIs ociosas. A suspeita é de que as UTIs ficam vazias, mas os proprietários ganham dinheiro do SUS como se estivessem ocupadas. A CEI da Saúde investiga a denúncia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.