Real Cores

Violência Facção de SP avança no Rio e é desafio à segurança




Relatório do serviço de inteligência que consta da base de dados do interventor, general Walter Souza Braga Netto, indica movimentação preocupante de quadrilhas em ação no Rio: o traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, preso em Rondônia, se aliou ao PCC, a maior facção criminosa de São Paulo, que passou a ter, pela primeira vez, presença territorial em favela no Rio. 

Um carregamento de fuzis e munição já teria sido enviado a comparsas de Nem. Para o promotor André Freitas, que atua na Vara de Execuções Penais, nova configuração do crime organizado pode aumentar a violência no estado. A Rocinha enfrenta guerra há seis meses. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.