Real Cores

Busca por vacina contra gripe gera filas e confusão.



A busca pela vacina contra a gripe em clínicas particulares de Goiânia ficou mais intensa depois que a Secretaria Estadual de Saúde (SES) adiou a imunização para o dia 23 de abril, devido a atrasos no repasse do Ministério da Saúde (MS). Desde o início desta semana, o goianiense que procura se imunizar enfrenta filas e se depara com estoques zerados em muitos locais. Nesta quarta-feira (4), o cenário encontrado em algumas clínicas foi de confusão e muita espera.

Em uma clínica no Setor Marista a fila começou a se formar ainda durante a madrugada e, quando o estabelecimento abriu, os pacientes foram informados de que o estoque de vacina ainda não havia chegado. A grande quantidade de pessoas ocupou todo o quarteirão do local.

Em uma outra clínica, no térreo de um shopping no Setor Bueno, as filas também tomaram conta do local. A unidade estava vacinando apenas as pessoas que já tinham comprado a vacina ontem. Uma nova distribuição de senhas foi iniciada às 13 horas, mas não há previsão de quantas pessoas podem ser imunizadas.

Nesta clínica, uma discussão entre pessoas que estavam na fila gerou uma pequena briga. Conforme testemunhas que estavam no local, a confusão começou depois que alguém tentou furar a fila.

A situação em frente a um centro de vacinação no Setor Aeroporto foi semelhante. Muitas pessoas permaneceram na porta do local durante a madrugada e um princípio de briga também se iniciou na clínica. Conforme relatos de quem estava no local, a confusão foi causada por pacientes que não respeitaram a distribuição de senhas e os vigilantes precisaram organizar a situação.

No Setor Aeroporto a procura por vacinas causou também tumultos no trânsito. Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) estiveram no local para organizar o tráfego.

De ontem para hoje, os estoques acabaram também no Centro de Vacinação da Unidade Goiânia, no Setor Aeroporto. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da empresa que informou também que, em uma semana, 5.200 pessoas foram imunizadas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.