Real Cores

Funcionários da Secretaria de Saúde podem entrar em greve por conta de recusa do prefeito em dialogar as lideranças


O prefeito Iris Rezende, que tem facilidade em se reunir com empresários, foge dos representantes do funcionalismo municipal. Ele adiou novamente a reunião que faria com sindicalistas para discutir a Data Base da categoria que não foi paga no ano passado e já tem a deste ano chegando.

Os servidores somente não entraram em greve por causa da gravidade da saúde na capital com a epidemia de H1N1. Mas já há uma assembleia geral convocada para o dia 8 de maio com indicativo de greve. 

A reunião com o prefeito, que seria neste mês, ficou para a véspera da assembleia, dia 7 de maio, se não for adiada de novo. Na campanha eleitoral o prefeito Iris Rezende prometeu valorizar o servidor e manter diálogo constante com a categoria. Foi mais uma promessa não cumprida. O prefeito se nega em conversar com o funcionalismo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.