Real Cores

Morre no HDT a 6º vítima de H1N1


O vírus Influenza A fez a sexta vítima em Goiás. Na manhã deste sábado (07) faleceu uma mulher de 49 anos que estava internada em leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital de Doenças Tropicais dr. Anuar Auad (HDT). A paciente tinha diagnóstico positivo para o H1N1.

Em nota, o HDT informou que a mulher deu entrada no hospital no dia 13 de março e foi direto para a UTI, onde ela até demonstrou melhora no quadro clínico. “Porém, devido ao seu quadro de diabetes, hipertensão e infecção pulmonar, a paciente não resistiu”, diz o texto.

No HDT, desde janeiro até hoje, foram confirmados quatro casos de H1N1 e este foi o primeiro óbito na unidade que teve como causa o vírus. Contudo, seis mortes ainda estão em investigação.

Na última quinta-feira (05), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou que a morte do pediatra Luiz Sérgio de Aquino Moura, de 57 anos, foi causada pelo vírus. Além do pediatra, houve outra morte em Goiânia, duas em Trindade, e outra em Jaupaci.

Dados do Boletim de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) do Estado apontam para 50 casos de Influenza A H1N1. Na terça-feira (3), durante entrevista coletiva, a gerente de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde, Magna Maria de Carvalho, disse que a situação é de alerta para epidemia da doença em Goiás.

Da Redação por Leila Lais

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.