Real Cores

MP pede afastamento de presidente do IMAS



O Ministério Público entrou com ação na justiça contra a prefeitura de Goiânia para obrigar o município a devolver o atendimento médico aos segurados do IMAS. 

Médicos e clínicas deixaram de atender por que a prefeitura não paga pela prestação de serviços. Além de exigir a volta do atendimento, o Ministério Público quer o imediato afastamento do presidente do Imas, Sebastião Peixoto.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.