Real Cores

Sobe para 9 o número de mortes por H1N1 em Goiânia.


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia divulgou nesta quinta-feira (19) um novo Informe Técnico de Influenza para atualizar os dados sobre contaminações pelo vírus H1N1. Os números mostram que o número de mortes provocadas pela gripe subiu para nove, de modo que o total de óbitos registrados no estado passa a ser 17.

O relatório aponta que entre as nove mortes confirmadas, duas tomaram a vacina contra a gripe. Parte das vítimas era componente do grupo de risco, sendo três idosos e pacientes com doenças cardiovasculares, diabetes, obesidades e neurológicas.

No estado, o último boletim, divulgado na segunda-feira (16) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), mostra que foram registrados dois óbitos em Trindade e dois em Rio Verde. Em Morrinhos, Hidrolândia, Anápolis e Jaupaci, foram registrados uma morte em cada município.

Vacinação

Goiás foi o primeiro município a receber a Campanha Nacional de Vacinação pelo Ministério de Saúde. A imunização que estava marcada para começar no dia 23 de abril, está sendo realizada desde a última sexta-feira (13), em razão do alerta de epidemia no Estado.

No primeiro momento, a campanha é direcionada a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, trabalhadores da saúde, doentes crônicos ou indivíduos com condições clínicas especiais. Os dois últimos grupos devem apresentar obrigatoriamente prescrição médica, especificando o motivo da indicação da vacina. Os trabalhadores de saúde devem comprovar vínculo de emprego no serviço público ou privado ou carteira de registro profissional.

A SMS divulgou balanço dos primeiros dias da campanha de vacinação contra a gripe na Capital. Segundo a pasta, até esta terça-feira (17), 91 mil doses foram aplicadas em 56 unidades de saúde do município.

Prevenção

No Informe Técnico divulgado pela SMS, o órgão divulga medidas preventivas para a população. Acompanhe:

1- Higienização das mãos antes de tocas mucosas (olhos, boca e nariz) e após espirrar;
2- Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
3- Indivíduos doentes devem manter repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos adequada, e evitar contato com outras pessoas em ambientes fechados e aglomerados;
4- Caso o indivíduo apresente febre, tosse, dor de garganta, falta de ar ou qualquer outro sintoma associado deve procurar atendimento médico para melhor avaliação;
5-Se houver prescrição de antiviral pelo médico assistente, o medicamento pode ser retirado em qualquer farmácia das unidades de atendimento 24 horas do município de Goiânia, das 7h às 19h;
6- Manter o cartão de vacinação atualizado, com atenção à vacinação anual contra a gripe (influenza), de acordo com os grupos proconizados pelo Ministério da Saúde

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.