Real Cores

Denúncia: Passageiros do transporte coletivo de Goiânia, ainda pagam imposto sobre a tarifa, criado por Iris Rezende em 1994. Valor vai para empresas.






Desde 1994 o governo de Goiás descumpre a lei que define quem é o responsável por pagar as gratuidades no transporte coletivo da grande Goiânia. Nessa época, mesmo contra a lei, o governo repassou ao usuário a conta pelas gratuidades, o que elevou o preço da passagem em pelo menos 15%. 

Há 24 anos essa cobrança ilegal está sendo feita. Há 24 anos o passageiro do transporte coletivo está pagando por uma obrigação do governo de Goiás. 

Segundo estimativas do Ministério Público, os usuários já pagaram mais de 1 bilhão de reais em gratuidade às empresas de ônibus, dinheiro que deveria ter saído dos cofres do estado. 

Nesses 24 anos as empresas ganharam mais dinheiro, políticos ganharam carícias e mimos de empresários do transporte coletivo e apenas o usuário teve prejuízo pagando mais caro pela tarifa. 

E quem era o governador em 1994 que colocou no cálculo da tarifa as gratuidades que o governo deveria pagar ? acertou quem disse Iris Rezende. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.