Real Cores

Militar morre após ser atingido por disparo acidental durante treinamento do Exército


         Jovem foi socorrido, mas não resistiu ao ferimentos e morreu no Hospital Municipal (Foto:                         Reprodução) Mais Gôias

Um militar do Exército morreu após ser atingido por um disparo acidental durante uma prova de instrução de tiro no Campo de Instrução de Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Victor Campos Ferreira, de 20 anos, era do 1° Batalhão de Ações de Comandos da cidade e primo do deputado federal João Campos (PRB).

Em nota, o Exército informou que o incidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (9), por volta das 15 horas. A equipe de instrução acionou o resgate que prestou os primeiros socorros e o encaminhou ao Hospital Municipal de Formosa, mas ele não resistiu aos ferimentos e foi à óbito.

Uma equipe de perícia do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília esteve no local e realizará os trabalhos de investigação, segundo a corporação, que também afirma que vai instaurar de inquérito policial para apuração dos fatos.

Em sua conta pessoal, o deputado federal mostrou indignação em uma publicação sobre a utilização de munições letais em treinamento. “Acho um absurdo o Exército, em pleno século XXI com todos os avanços tecnológicos, utilizar munição letal em treinamento, de qualquer nível,” diz o texto.

O Exército ressalta que o “Comando de Operações Especiais está tomando todas as providências para apoiar a família do militar, através de uma equipe, composta por um psicólogo e um capelão militar”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.