Real Cores

MP deflagra operação contra crimes na administração penitenciária em Goiás




Goiânia - O Ministério Público do Estado de Goiás deflagrou na madrugada desta sexta-feira (4/5) a terceira fase da Operação Regalia. O objetivo é desarticular organizações criminosas especializadas na prática de crimes contra a administração pública e tráfico de drogas.

São cumpridos 15 mandados de prisão em Goiânia e Aparecida de Goiânia, além de 15 mandados de busca e apreensão - inclusive na Penitenciária Odenir Guimarães. A ação é realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Centro de Inteligência (CI-MP), em parceria com as Polícias Civil e Militar e a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP).

Segundo a investigação, a ação criminosa dos presos destinava-se ao abastecimento da Penitenciária Odenir Guimarães com drogas, armas de fogo, munições, armas brancas e outros ilícitos.

Entre os investigados que tiveram prisão temporária, um é ex-vigilante penitenciário temporário. Os demais dividem-se entre pessoas em cumprimento de pena no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e mulheres que eram portadoras dos ilícitos durante visitas na POG.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.