Real Cores

Policia Civil prende traficante e apreende maconha que seguia para o Pará.


Policiais civis de Uruaçu prenderam ontem domingo (27/05) Edilene Magalhães Santos e apreenderam com ela cerca de 50 quilos de maconha. A mulher já vinha sendo investigada há cerca de três meses, suspeita de estar traficando entorpecentes em sua residência, situada no Setor Nossa Senhora da Abadia, juntamente com o companheiro dela, conhecido como “Paim”, atualmente preso na unidade prisional local.
De acordo com o delegado Bernardo Comunale, na sexta-feira passada (25/05) os investigadores conseguiram levantar informações que davam conta de que Edilene receberia grande quantidade de drogas no final de semana. Em virtude dessa circunstância, intensificaram o trabalho de acompanhamento e vigilância. Então, na noite de domingo, por volta das 19 horas, os policiais civis descobriram que Edilene ajudou o adolescente L. L. S. a embarcar em um ônibus comercial na rodoviária de Uruaçu.
Diante disso, os agentes solicitaram o apoio da Polícia Rodoviária Federal do posto da cidade de Porangatu, repassando os dados pessoais e as características físicas do referido menor, bem como as informações sobre o veículo de transporte de passageiros no qual ele seguia. Realizada a abordagem do ônibus e revistada a bagagem do adolescente (duas malas grandes, uma mochila e uma caixa de papelão lacrada), foram localizados 67 tabletes de maconha, totalizando 50 quilos da droga.

Em seguida, os policiais civis se deslocaram até ao posto da PRF de Porangatu, onde buscaram o menor infrator e a droga apreendida, trazendo-os para a Delegacia de Polícia de Uruaçu. Enquanto isso, uma segunda equipe de agentes se dirigiu à residência de Edilene, onde encontraram uma porção de maconha, uma faca com resquícios de droga, uma balança de precisão e uma caixa de papelão, com o mesmo logotipo daquela utilizada pelo adolescente para transportar parte da maconha.
Durante a lavratura do procedimento policial na Delegacia de Polícia de Uruaçu, o menor infrator relatou que realmente adquiriu a droga de “Paim” e que a entrega da substância foi feita por Edilene, na casa dela. De acordo com o adolescente, o pagamento seria realizado somente depois que ele vendesse o entorpecente na cidade de Redenção no Pará. Por fim, o menor ainda afirmou que já havia comprado maconha do casal em uma outra oportunidade, quando adquiriu 20 quilos da droga, pagando o valor de R$ 19 mil.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.