Real Cores

Prefeitura de Goiânia quer, novamente, acabar com a feira hippie.




Está comprovado mais uma vez que o prefeito Iris Rezende quer acabar com alguns feirantes, em especial, o pessoal que trabalha na Feita Hippie. 

Na surdina a prefeitura discute a retirada da feira da Praça do Trabalhador. Segundo os feirantes o prefeito quer fazer do local onde a feira é realizada um estacionamento para os grandes e ricos empreendimentos que existem na região da 44, além do shopping que tomou a Rodoviária de Goiânia e a Estação Goiânia.

Desde que voltou para a prefeitura, em 2005, Iris tem um projeto para "ceder a Praça do Trabalhador aos empresários da região." Chegou a apresentar um projeto com um grande hotel privado que seria erguido na praça.

O tombamento da praça melou a negociata e agora o prefeito retoma o projeto.

Permitiu a construção de um mega hotel onde era a Govesa e para forçar os feirantes a comprarem salas no empreendimento, o prefeito fala em retirar a feira de onde está.

Os feirantes da Feita Hippie já perceberam a jogada e anunciaram que vão resistir e não vão comprar salas no empreendimento que a prefeitura de Goiânia liberou alvarás numa rapidez impressionante. Falam até que tem "gente grande" da prefeitura como sócio no hotel que está sendo erguido. A guerra entre Iris x Feirantes voltou.

Um comentário:

  1. Um absurdo o que esse prefeito está fazendo. A região da 44 tomada de ambulantes na rua com araras, expositores literalmente no meio da rua dificultando o trânsito e ele vem contra a feira hippie que está regularizada e com seus feirantes pagando os impostos devidos. A história vai eternizar o prefeito Iris Rezende como inimigo dos pequenos trabalhadores. Basta recordar o que ele estava fazendo, contra os donos de pit dogs em Goiânia.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.