Real Cores

Presidente do INSS é demitido por contratação suspeita


O presidente do INSS Francisco Lopes, filiado ao PSC, foi demitido depois de revelada sua contratação por R$ 8,8 milhões de um empresa de informática, a RSX Informática Ltda, cuja sede funcionava em uma loja de bebidas. O partido de Lopes fez pressão para mantê-lo no cargo, mas aceitou depois que o governo prometeu indicar um novo nome do partido para o cargo.

“Nesta terça-feira, Beltrame [Alberto Beltrame, ministro do Desenvolvimento Social] conversou sobre o caso com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. O deputado André Moura (PSC-SE), líder do governo, também foi consultado, teria resistido para mantê-lo no cargo, mas foi covencido por Padilha. A direção do PSC apadrinha a indicação de dirigentes do INSS. Ficou acertado que o partido vai apresentar uma nova indicação para o posto. O ministro promete investigar os atos da gestão de Lopes.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.