Real Cores

Temer confessa que reforma da filha foi paga pelo coronel Lima


Prestes a ser denunciado pela terceira vez ao Supremo Tribunal Federal por corrupção, Michel Temer admitiu que parte da reforma da casa de sua filha Maristela Temer foi paga pela mulher do coronel Lima, alvo de investigações e inquérito da Lava-Jato.

"Foi uma reforma regularmente paga, regularmente esclarecida. Eu não tenho os dados do depoimento que ela prestou ontem (quinta-feira) ao delegado da Polícia Federal, mas soube que foi tudo pelas melhores", disse Temer, em entrevista ao programa "Poder em foco", do SBT, que foi ao ar nesse domingo, 6.

Delatores da JBS disseram que entregaram R$ 1 milhão em propina ao coronel Lima, amigo e apontado como laranja de Temer. A suspeita é que esse dinheiro tenha sido usado para fazer obra no imóvel de Maristela Temer em São Paulo. Temer disse que o pagamento foi legal e negou qualquer irregularidade.

O emedebista também foi questionado sobre o inquérito dos portos, do qual é alvo. Mas não se sentiu confortável em falar sobre o assunto. Afirmou que a reforma da casa de uma de suas filhas, Maristela Temer, foi realizada com "absoluta licitude". "Eu lamento que estejamos conversando sobre isso ao invés de conversarmos sobre o Brasil

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.