Real Cores

Caos no sistema carcerário de Goiás




O Ministério Público pediu a interdição das celas do 4o Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. 

A unidade está superlotada e sem a menor condição de receber presos por suas condições insalubres. Os detentos não tem banho de sol e fazem as necessidades fisiológicas em sacos plásticos. 
As celas são sujas, mal iluminadas e sem ventilação natural. 

Depois do pedido do Ministério Público o governo começou a diminuir a superlotação no 4o DP. Este é apenas um dos casos que mostra o descaso do governo com o Sistema Prisional. 

Nesta semana 3 agentes e um diretor da penitenciária de Aparecida de Goiânia foram afastados de seus cargos por suspeita de terem privilegiado o bicheiro Carlinhos Cachoeira permitindo que ele fizesse um churrasco. Ontem um preso foi morto na CPP. O sistema carcerário em Goiás é uma bomba relógio. A qualquer momento pode explodir.  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.