Real Cores

Pelo oitavo mês consecutivo, estupros crescem em São Paulo; no ano, o aumento é de 16,2%


Os casos de estupro voltaram a crescer em São Paulo, ​com 10% ​de aumento ​em maio. É o oitavo mês seguido de alta desse tipo de crime. Segundo dados oficiais, foram 1.036 ataques sexuais no mês de maio, contra 943 reclamados no mesmo mês de 2017. No acumulado nos primeiros cinco meses de 2018, a alta é ainda maior. São 5.212 casos contra 4.485 no mesmo período de 2017, um aumento de 16,2%.
A crise econômica aliada ao caos do Parente, à greve dos caminhoneiros e ao golpe como um todo vai gestando o pior conjunto de retrocessos estatísticos da história do país. Dentro desse dado, que é do estado, a cidade de São Paulo assistiu no mês de maio um crescimento de 32% nos assassinatos, passando de 50 em maio do ano passado para 66 vítimas, neste ano.
“Sobre os estupros, o secretário voltou a dizer que é um crime de difícil combate, porque a maioria ocorre em ambientes fechados e cometido por pessoas ligadas à vítima. Mágino afirma que o crescimento pode estar ligado ao aumento não propriamente dos crimes mas ​das denúncias, já que parte dos casos registrados (cerca de 30%) não aconteceram em maio, mas, sim, em períodos anteriores.
‘As mulheres estão tomando coragem para enfrentar isso da melhor forma possível. A melhor forma possível é noticiar [à polícia]’, disse.”
Leia mais aqui.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.