Real Cores

Secretário de Saúde Goiás mente para cidadão e não paga a OS que administra o Hospital de Urgência de Goiânia



A secretaria de Saúde do Estado de Goiás mentiu para o cidadão ao dizer que a situação do Hugo - Hospital de Urgência de Goiânia -  está normalizada, e que os repasses estavam em dia com a Gerir -  Organização Social - OS - que administra o Hospital. 

O Jornal Argumento fez uma reportagem investigativa e descobriu que a divida da Secretaria de Saúde do estado com a OS já passa dos 12 milhões de reais,  e o ultimo pagamento foi feito no mês de maio, porém apenas 50% do repasse.   Na visita que o Secretário Leonardo Vilela fez ao HUGO prometeu normalizar os repasses, fato que não aconteceu até esta data.  

Por este motivo, a OS não teve condições de  retomar as cirurgias que foram canceladas por falta de material, insumos e até mesmo falta de médicos que estão a mais de um   mes sem receber e  trabalham  pelo compromisso de responsabilidade com a OS. 

Os funcionários também estão insatisfeitos com a situação pelo atraso no pagamento dos salários. A informação que o Jornal Argumento obteve que somente hoje, dia 19 de junho, receberam o salario referente ao mês de maio.

Demissões também estão acontecendo para minimizar o impacto que a falta de pagamento,  por parte da Secretaria Estadual de Saúde, tem gerado. O Jornal Argumento Também conversou com alguns fornecedores que  ameaçam interromper o fornecimento de materiais pelo mesmo motivo. Além disto as greves são comuns por parte de setores do hospital pela falta de pagamento. 

A situação, motivada pela falta dos repasses,   é tão critica que dentro da unidade os pacientes estão  à espera de cirurgias que podem não ser  realizadas. Tem paciente esperando a mais de 10 dias por uma cirurgia de emergência. 

Parentes que ficam do lado de fora não recebem informações e estão desesperados, sem saber o que fazer. Dizem que os pacientes viraram hóspedes do Hugo, mas hóspedes que sofrem com a dor. O Ministério Público pediu à secretaria estadual de saúde informações, mas não obteve resposta. 


Um comentário:

Tecnologia do Blogger.