Real Cores

Servidores públicos estaduais devem ter atraso e parcelamento nos salarios





Ainda não é oficial, mas informações dão conta de que os servidores públicos estaduais não irão receber os salários,  até o fim do  mês, como sempre acontece. 

A baixa arrecadação e a diminuição na cobrança do ICMS, atendendo recomendação do governo federal,  por se tratar de um acordo com a categoria dos caminhoneiros,  que fizeram uma paralisação por mais de nove dias, representarão  uma baixa considerável nos cofres da fazenda. 

Há Informações ainda de que o governo estuda parcelar rendimentos acima de R$ 3.500,00. Quem recebe até este valor, não será atingido com o parcelamento. Já quem  recebe acima de R$ 3.500,00, receberá em duas datas durante o mês. 

As datas de parcelamento e também os percentuais não foram definidos. De acordo com informações, uma reunião deverá acontecer na próxima semana entre membros da Secretaria da Fazenda e também do Planejamento e que que terá a participação do Governador José Eliton, que para auxiliares próximos, é contra o atraso e também o parcelamento.      








13 comentários:

  1. Creio que em Goiás ninguém recebe ate o 5o Dia Útil do mes, como noticiado acima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até 3500 recebem dia 30, acima dia 10

      Excluir
    2. A lei determina que o salário deve ser pago até o 5º dia útil do mês seguinte ao trabalhado. A reportagem se ampara no que é determinado em lei. A antecipação é facultado ao empregador.

      Excluir
    3. Então, se o jornal está amparado na Lei, Goiás não. Eu recebo dia dez.

      Excluir
  2. Serio...entao ta bom!!! Se receber parte no dia 5 e o resto no dia 10 ainda esta bom!!

    ResponderExcluir
  3. Fake News. ....
    Não sabe nem o dia que é pago o servidor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A lei determina que o salário deve ser pago até o 5º dia útil do mês seguinte ao trabalhado. A reportagem se ampara no que é determinado em lei. A antecipação é facultada ao empregador.

      Excluir
  4. A Constituição do Estado de Goiás determina o pagamento até o dia 10 do mês subsequente ao do trabalhado. Na clt que é até o 5° dia útil.

    ResponderExcluir
  5. Fácil resolver!
    Demita os apadrinhados!
    Que entram pela porta dos fundos sem concurso, e que na maioria recebe altissimos salários sem trabalhar até!

    ResponderExcluir
  6. Realmente a reportagem se engana quando se baseia em CLT para vincular servidores públicos estatutários. O “Anônimo” tem razão, dia dez subsequente ao mês trabalhado - Constituição Estadual

    ResponderExcluir
  7. Trabalho há 18 anos no Estado.
    Até hoje o salário só atrasou uma vez.
    E foram somente 3 dias de atraso.
    Não farão isso em ano de eleição!

    ResponderExcluir
  8. Matéria tendenciosa, na base do "disse me disse" nao merece crédito. Na base do se colar colou, se acontecer foi eu que divulguei primeiro, ridículo!!!

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.