Real Cores

E continua a perseguição e o desmonte de nossas industrias: TCU vai contestar acordo de leniência da Odebrecht


A Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) fecharam um acordo de leniência com a Odebrecht. Mas o Tribunal de Contas da União (TCU) vai contestar a negociação, segundo informa o jornal O Globo. O órgão alega não foi ouvido previamente e que deve questionar termos combinados e pode alterar o acordo. O assunto será levado à sessão pública da corte.
"O anúncio do acordo, que não passou pelo crivo do TCU, causou irritação do tribunal. O ministro relator do caso, Bruno Dantas, prepara a contestação que será apreciada pelos seus pares daqui dois dias. Deve levantar pontos que não têm o aval da Casa. Como nunca houve um caso como esse, os próprios técnicos não conseguem prever o que pode ser alterado pelos ministros. A avaliação é que não há necessidade de suspender o acerto, mas apenas alterar alguns pontos.
(...)
Uma das preocupações da empresa é a certeza de que provas entregues pela companhia não sejam usadas contra a própria Odebrecht. Nesse campo, entretanto, já há jurisprudência no TCU a favor das empresas. O tribunal já suspendeu a inidoneidade para as companhias que assinaram leniência. Por outro lado, a corte pode usar, sim, as informações para calcular o dano aos cofres públicos. Isso é inegociável na visão dos técnicos." Leia mais aqui.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.