Real Cores

O GOLPE PRECISA E QUER CONTINUAR RESPIRANDO: Alckmin diz que, se eleito, manterá reforma trabalhista de Temer


O ex-governador e pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, afirmou que, caso eleito, não pretende realizar alterações na nova legislação trabalhista aprovada pelo governo Michel Temer e que suprimiu direitos históricos dos trabalhadores. "Trabalhei muito por ela", afirmou Alckmin durante encontro com empresários em Minas Gerais.
O tucano também disse que não pretende reintroduzir a cobrança obrigatória do imposto sindical e que uma eventual redução de impostos em seu governo se dará de forma lenta e gradual. "Num país grande como o Brasil, não é fácil. É preciso uma escadinha, para que os impostos sejam reduzidos aos poucos", justificou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.