Real Cores

Total de idosos em abrigos públicos sobe 33% em 5 anos








O número de idosos em abrigos conveniados aos estados e municípios no Brasil cresceu 33% entre 2012 e o ano passado, passando de 45.827 para 60.939, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social. 

Em sua maioria, os atendimentos aos idosos ocorrem em instituições de longa permanência e em estabelecimentos que recebem recursos ou que têm vínculo com o poder público.

Nos sistemas estatal e privado, o total chega a 100 mil. Com o envelhecimento da população, cresce o debate sobre a oferta de cuidados de longa duração. 

O ministro Alberto Beltrame diz que sua pasta busca alternativas em que os idosos possam ser acolhidos em algum lugar durante o dia e retornem ao convívio da família à noite. Para Marília Berzins, do Observatório de Longevidade e Envelhecimento, o Estado precisa compartilhar a responsabilidade pelo cuidado do idoso



Em 2017, só 11% guardaram algum dinheiro para a velhice

Somente 11% dos brasileiros disseram ter guardado dinheiro para a velhice em 2017, o que coloca o país como 101º colocado em levantamento sobre o tema realizado pelo Banco Mundial. Entre 144 países pesquisados, o Brasil fica atrás de nações mais pobres, como Filipinas (26%), Bolívia (20%) e Mali (16%) e abaixo da média dos países em desenvolvimento (16%).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.