Real Cores

Thiago Peixoto explica desistência da candidatura


O deputado federal Thiago Peixoto (PSD-GO) publicou, nesta quarta (15/8), em suas redes sociais, uma carta pública em que confirma a sua decisão em não disputar o processo eleitoral este ano. Segundo o parlamentar, ele foi levado a tomar a decisão em função do veto do presidente regional do PSD, Vilmar Rocha, a qualquer projeto majoritário.
Thiago se manifestou publicamente, nos últimos meses, a favor da permanência do partido na base aliada ao governador José Eliton e ao ex-governador Marconi Perillo, enquanto Vilmar Rocha renegava a candidatura tucana e defendia apoiar outro candidato. No saldo final, Vilmar conseguiu a primeira suplência de Marconi na disputa ao Senado e Thiago deixa a vida pública momentaneamente.
Um dos parlamentares goianos mais atuante da atual legislatura federal, Thiago Peixoto deixou o mundo político em transe com sua decisão. Em seu segundo mandato na Câmara Federal, o parlamentar se notabilizou por um discurso moderno, aberto a novas ideias, com a defesa de setores como o da Economia Digital. Além disso, tinha uma atuação forte em assuntos relacionados com Educação, Cultura e Meio Ambiente. Outro ponto importante era o papel desempenhado por ele junto aos municípios. Thiago era conhecido como um dos deputados que mais conseguiam destinar recursos para as cidades.
A seguir, íntegra da carta publicada por Thiago Peixoto:
Carta aberta a meus amigos e amigas.
Está decidido: não serei candidato nestas eleições.
Não foi uma decisão fácil de ser tomada, mas acabei sendo levado a isso.
Nos últimos dias refleti bastante, conversei muito, me aconselhei com pessoas próximas e familiares e tomei a decisão.
O filósofo espanhol José Ortega y Gasset disse que o homem é o homem e sua circunstância. E essa é a minha circunstância atual: não disputar a reeleição.
Em 12 anos de vida pública, fui secretário municipal e estadual, deputado estadual e federal. E me esforcei o máximo para contribuir com políticas públicas que ajudaram nosso Estado em vários aspectos. Entendo que cumpri minha missão. Os resultados entregues, seja no Executivo ou no Legislativo, são o que contam.
Como secretário de Educação, entre 2011 e 2013, participei de uma grande ação que promoveu o maior salto de qualidade educacional de Goiás, colocando nosso Estado nas primeiras posições do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Acima de tudo, trabalhamos com a organização de nossa rede no sentido das necessidades do aluno que, afinal de contas, é o sentido de ser da Educação.
Na Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), entre 2015 e 2016, participei de uma visão moderna, tentando ampliar nosso campo de visão e ampliar a competitividade do Estado. Foi marcante e inesquecível ter participado diretamente da criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC), formado por Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Rondônia e Maranhão. Trata-se de uma iniciativa sem precedentes e que cria uma ferramenta de desenvolvimento regional em moldes que tornam os estados menos dependentes do poder central.
Na Secretaria de Desenvolvimento (SED), onde estive em 2016, procurei fazer um trabalho próximo aos setores produtivos e me esforcei para integrá-los a outros setores da sociedade, dentro de uma visão multissetorial. Neste período, inclusive, fui um grande defensor da manutenção da política de incentivos fiscais que foi responsável por ter tirado Goiás do papel de mero coadjuvante no cenário nacional para inseri-lo de forma marcante no mapa brasileiro de competitividade.
No Parlamento, seja no meu mandato de deputado estadual ou nos dois de deputado federal, procurei também fazer o meu melhor. No atual mandato, procurei, novamente, exercer um papel de destaque. Educação, Cultura, Meio Ambiente, Inovação e Economia Digital foram algumas das áreas nas quais foquei atenção especial.
Dei atenção aos interesses de nosso Estado de Goiás. Procurei sempre estar envolvido em assuntos relacionados à Educação, que é uma das áreas que me motivaram a entrar na vida pública, e à Nova Economia (Economia Digital), que é um setor no qual deposito grande parte da minha confiança de que tem a capacidade de levar o Brasil a dar um grande salto. E não citei Educação e Economia Digital em conjunto por acaso. Creio que somente com o desenvolvimento pleno de nossa Educação é que o Brasil estará capacitado para colher os frutos de um setor que não para de crescer no mundo.
Além disso, procurei dar atenção aos nossos municípios. Em dois mandatos, dezenas de municípios goianos receberam ações fruto de emendas parlamentares ao Orçamento da União de nossa autoria. Os amigos prefeitos que foram nossos parceiros, sabem muito bem do meu empenho e do de minha equipe para a liberação de recursos a favor de nossa população. E cada centavo que gerou um benefício em alguma comunidade através de minha ação, me dá uma sensação inigualável de dever cumprido.
Nos últimos meses foi cogitada a minha presença em uma disputa majoritária em Goiás. Após três mandatos como parlamentar, talvez fosse esse o melhor caminho. No entanto, isso não foi permitido pelo presidente regional do PSD.
Falando em partido, sei também que cumpri a minha parte e contribuí com o projeto da base aliada, ao trabalhar diuturnamente para que o PSD continuasse parceiro do projeto de reeleição do governador José Eliton e de eleição ao Senado do ex-governador Marconi Perillo. As pessoas próximas e aliados sabe o quanto atuei para que o partido não tomasse caminho contrário. Agi assim por acreditar que esse é o melhor caminho para Goiás.
Mesmo assim, saio de cabeça erguida e com a mente aberta para projetos futuros, que ainda não decidi quais serão. Por ora quero concluir o meu mandato da forma como o exerci: com boa vontade, dedicação e aplicação.
Agradeço a cada um que esteve, de alguma forma, comigo nestes 12 anos de vida pública. É um agradecimento sincero e de coração! Agradeço aos meus familiares e amigos mais próximos, pelo apoio cotidiano, pelos ouvidos atenciosos e pelos conselhos. Um agradecimento especial ao ex-governador Marconi Perillo e ao governador José Eliton, por terem acreditado em meu potencial em diferentes momentos de minha trajetória.
Agradeço aos colegas parlamentares e aos que trabalharam comigo no Executivo. Às pessoas que fizeram parte de minha equipe, foi um grande prazer estar junto como vocês nas diferentes batalhas diárias. E não poderia esquecer, é claro, dos amigos prefeitos, vereadores e tantas lideranças dos municípios, com os quais construímos tantos bons projetos a favor de nossa população. E, por fim, agradeço a todos os meus eleitores e amigos das redes sociais.
Quando entrei na vida pública, tinha como meta dar o meu máximo. Saio com a sensação do dever cumprido. Foram anos de muita luta e com muito mais vitórias do que derrotas. O caminho teve percalços e obstáculos, é claro, mas sei que os superei. Além da certeza do dever cumprido, também levo comigo a clareza de que fiz muitos amigos. E, no final, é a amizade de todos vocês que me traz essa tranquilidade no coração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.