Real Cores

Servidores públicos denunciam falta de pagamento por parte do Governo de Goiás. Meses de novembro e de dezembro chegam a 1 bilhão e meio de reais,









Vários servidores públicos do Estado de Goiás têm denunciado a falta de pagamento, mesmo com o cronograma feito pelo Estado que, segundo ele, termina na próxima quinta feira.  

Além da preocupação com o recebimento do mês de outubro, fica maior ainda o medo de não receber o mês de novembro que já vence em oito dias. 

O Jornal Argumento manteve contato com a Secretaria da Fazenda, que alegou "estar cumprindo rigorosamente o cronograma." 

O Governador eleito, Ronaldo Caiado, tem afirmado que herdará uma folha e meia vencida. "Nossa equipe de transição tem tentado entender a forma como estão sendo administrados os recursos; e já é certo que o governo atual não conseguirá pagar as folhas de pagamentos em aberto, e nos entregará ao menos com um mês e meio de atraso." Disse o governador eleito ao Jornal Argumento

Somadas as folhas de novembro, que vence no próximo dia 30, ou seja em oito dias,  e a de dezembro, o valor total chega a 1 bilhão e meio de reais. 

Com o caixa vazio e inúmeras dividas, é bem provável que os servidores públicos de Goias terão um final de ano, no minimo,  angustiante. Pior ainda para o comercio que sempre foi ajudado com as compras e pagamentos de dividas por parte dos servidores. 

Uma fonte confidenciou ao Jornal Argumento que o Governo não tem todo este valor para a quitação e ainda não sabe o que fará para honrar este compromisso. 


Confira o Cronograma de pagamento:
13/11 – GoiasPrev, Ipasgo, Detran, Juceg, Funcam, PM e Gabinete Militar
14/11 – Corpo de Bombeiros
19 /11 – Secretaria de Segurança Pública
20/11 – Segplan, UEG
21/11 – Polícia Civil, Agrodefesa, Secretaria Cidadã
22/11 – Demais órgãos do Executivo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.